Sortilégio - Rachel Hawkins


Título: Sortilégio
Título Original: Hex Hall
Trilogia: Hex Hall
Autor (a): Rachel Hawkins
Editora: Galera Record
Páginas: 304
Ano: 2013
Avaliação: ☆☆☆☆

Sinopse: "Há 3 anos, Sophie descobriu que não é uma menina como as outras. Ela é uma bruxa e, até agora, isso só lhe trouxe alguns... arranhões! Sua mãe fez tudo o que pôde para ajudar: leu o que conseguiu encontrar sobre bruxas, fadas e magia; procurando consultar o pai ausente de Sophie — um poderoso feiticeiro europeu — só quando necessário. Até que a menina atrai atenção além da conta depois de um feitiço de amor poderoso demais. E é seu pai que define a sentença: Sophie deve ir para Hex Hall, um reformatório afastado de tudo e de todos que está sempre de portas abertas para receber qualquer “prodígio” que saia da linha — ou seja, além de bruxas como Sophie, fadas, metamorfos etc. E a tendência de Sophie para encrencas não decepciona. Já no fim do primeiro dia, ela acumula problemas: três poderosas inimigas que mais parecem supermodelos, uma fantasma que cisma em persegui-la, uma paixonite idiota pelo feiticeiro mais charmoso da escola — e ele tem namorada, mas como Sophie poderia saber? Para piorar, sua companheira de quarto é a pessoa mais odiada do campus, e a única vampira entre os alunos... Sim, os sanguessugas não têm boa fama, e uma série de ataques a estudantes acaba fazendo da única amiga de Sophie a suspeita número um na mira do Conselho e da direção da escola. Isso não é tudo, e Sophie precisa se preparar. Uma antiga sociedade secreta determinada a destruir todos os prodígios, inclusive e principalmente ela, parece estar mais próxima do que nunca de Hex Hall. Sophie terá de descobrir, do que sua magia é capaz e, sobretudo, suas origens e quem ela é de verdade."



Escrita: A escrita da autora Rachel nos remete aos livros de fantasia jovem. Isso ocorre através da característica da presença da personalidade das personagens na narrativa,  resultando em uma escrita leve e fluída.

Narrativa:  Sortilégio possui uma narrativa fluída onde os personagens e o ambiente consegue se destacar e completar  bem ao longo da história. As crises joviais dos personagens dentro da história,  não nos deixa imaginar o óbvio, mas explora esse lado curioso guardando em cada um. Os acontecimentos são contados de forma mais esclarecedora  em seu devido momento. A autora não deixa de explorar a ligação que os personagens tem sobre o ambiente da cena, assim como a importância de como tudo é apresentado para o leitor. Além disso, ela conseguiu acertar na simbolização dos ambiente em determinadas mudanças de humor e necessidades dos seus personagens.

Personagens: Neste livro, os personagens foram desenvolvidos bem. A autora conseguiu construir uma personalidade forte para cada um, resultando em conseguirmos imaginar todos separadamente diante os diálogos. Conseguirmos saber distanciar de como um personagem se comporta e até mesmo o ambiente que ele irá mais aparecer. Por exemplo, temos a protagonista Shopie, ela é uma garota alegre, forte apesar de acreditar nas outras pessoas que é fraca. Ou tambem temos os exemplos das três bruxas, elas são representadas com uma união forte, assemelhando a um único indivíduo , mesmo ambas se postar coerente a situação.

Destaques: Não podemos deixar de comentar a respeito de como o tema seres sobrenaturais foram abordados no livro. Aqui temos garotos prodígios, ambos confinados em uma escola a fim de aprender a conviver ente os humanos, sabendo se controlar e tendo cuidado de sua verdadeira natureza.  Assim a autora coloca em seu livro a forma como todos os  seres sobrenaturais são odiados por muitos, incluindo os de sua espécie, mas como eles podem e devem saberem quem são e que deve existir a palavra respeito entre todas as espécies.  

Comentários