{ Resenha Livro} A Livraria dos Finais Felizes - Katarina Bivald



Título: A Livraria dos Finais Felizes
Autor: Katarina Bivald
Editora: Suma de Letrasa
Páginas: 336
Ano: 2016
Avaliação: ⭐✩✩✩


Sinopse:"Sara tem 28 anos e nunca saiu da Suécia — a não ser através dos (vários) livros que lê. Quando sua amiga Amy, uma senhora com quem troca livros pelo correio há anos, a convida para visitá-la na cidade de Broken Wheel, Iowa, Sara decide se aventurar. Mas ao chegar lá, descobre que Amy faleceu. Sara se vê desacompanhada na casa da amiga, em uma cidade muito pequena, e começa a pensar que talvez esse não seja o tipo de férias que havia planejado.Com o tempo, Sara descobre que não está sozinha. Nessa cidade isolada e antiga, estão todas as pessoas que ela conheceu através das cartas da amiga: o pobre George, a destemida Grace, a certinha Caroline e Tom, o amado sobrinho de Amy. Logo Sara percebe que Broken Wheel precisa desesperadamente de alguma aventura, um pouquinho de autoajuda e talvez uma pitada de romance. Resumindo: a cidade precisa de uma livraria"

 A livraria dos Finais Felizes é um livro que começa com uma narrativa lenta e descritiva, assim como o ambiente da cidade. Katarina é uma autora que escreve com o maior cuidado, tanto na descrição do seu ambiente como na construção e interação dos seus personagens. Durante toda leitura vamos percebendo como a autora consegue integrar o ambiente onde a história está se passando com os seus personagens, é como se além de todas as pessoas que compõe Broken Wheel existisse um protagonista muito maior e com mais destaques, que é a própria cidade.

 Um dos destaques que o leitor irá percebendo ao desenrolar da leitura, são os focos de problemas que o corpo de personagens possui. Aqui cada um dos personagens do livro carrega um problema que caracteriza a personalidade de cada um. É engraçado como a autora retrata cada um de forma individual mas deixando claro que todos os problemas fazem parte de uma cidade calma, Broken Wheel. 

 Por fim, o tema chave do livro que é a livraria em si e seus maravilhosos livros chama atenção assim como dos personagens e do leitor que está acompanhando a história. É fantástico a função que a autora denomina aos livros de Sara e Amy, ambos como fontes de alegria e aprendizado. Mas, o mais importante a forma como dentro do livro ela trás a mensagem de que a leitura é o jeito mais bonito de uma sociedade poder se autoconhecer, e poder viver diferentes versões de mundos. 

Comentários